in ,

Bióloga brasileira ajuda a evitar atropelamento de bichinhos nas rodovias

A bióloga brasileira Fernanda Abra trabalha com ecologia de estrada há pelo menos dez anos. O principal objetivo dessa profissional é diminuir o número de atropelamentos e mortes de animais em rodovias, principalmente aqueles que pertencem ao estado de Mato Grosso do Sul.

Fernanda trabalha com a ViaFAUNA, que é uma empresa que cria projetos de conservação e preservação, como a INCAB/IPÊ.

Por conta da sua ajuda no processo de preservação ambiental, Fernanda foi reconhecida com o prêmio Future for Nature Awards 2019, um dos principais prêmios de preservação ao meio ambiente e de cuidados aos animais e vegetais.

O que o prêmio proporciona para o ganhador?

O reconhecimento pelo cuidado com os animais do prêmio Future for Nature Awards é dado em dinheiro. O valor que o ganhador recebe é de 50 mil euros, ou melhor, 220 mil reais.

Essa recompensa tem como principal objetivo incentivar e destacar o compromisso das pessoas, projetos e ONGs que ajudam os animais. Segundo a Future for Nature Awards os ganhadores dos prêmios provocam inspiração e mobilizam grupos sociais, governos, organizações e comunidades a ajudarem os animais.

Cuidado com os animais e com a flora local

O prêmio em dinheiro deve ser aplicado obrigatoriamente nos projetos de conservação nos quais o vencedor participa.

Para Fernanda ganhar, o júri escolheu oito finalistas, e logo depois 3 vencedores entre 125 pessoas inscritas. Fernanda conta que se sente muito feliz pelo resultado do seu trabalho na preservação e conservação de espécies que fazem parte da fauna brasileira, como o lobo-guará, a onça pintada, o tamanduá bandeira e outros animais brasileiros.

Além disso, Fernanda afirma que se sente muito honrada e emocionada com o reconhecimento do seu trabalho e por ter recebido o prêmio Future for Nature. Ela ressalta ainda que o dinheiro ganho do prêmio ajudará a expandir os seus projetos e fará a diferença no processo de preservação e conservação da biodiversidade brasileira.

Quais são os projetos de Fernanda de cuidado com os animais?

No ano de 2014, Fernanda, ao lado de Paula, desenvolveu a consultoria ambiental ViaFAUNA que realiza o manejo e proteção de animais silvestres, em aeroportos, rodovias e ferrovias.

Um ano depois, Fernanda firmou uma parceria com Patrícia, uma pesquisadora da INCAB. Elas auxiliam os processos de proteção e resolvem os problemas relacionados com os atropelamentos que ocorrem com as antas na região do Cerrado e do Pantanal no Mato Grosso do Sul.

Portanto, Fernanda e Patrícia fazem um compilado de informações sobre os atropelamentos desse animal e criam planos de mitigação para as rodovias federais e estaduais.

Assim, juntas, elas desempenham um importante papel no processo de conservação e proteção dos mamíferos brasileiros a fim de mensurar a extensão dos problemas de atropelamento e desenvolver estratégias que podem mitigar os impactos causados por essas problemáticas.

Com esse amplo e importante trabalho, que consiste na implementação de medidas protetivas e coleta e mensuração de dados, Fernanda consegue diminuir a quantidade de atropelamentos que envolvem animais e automóveis.

Assim, o Brasil pode ter condições de rodovias mais sustentáveis que ajudam as pessoas, os motoristas e a fauna local. Incrível, não é mesmo?

Dessa forma é possível diminuir bastante o número de casos de atropelamento de animais, fazendo com que os bichinhos fiquem muitos mais seguros ao passear pelas rodovias.

Esses projetos são implementados em diversas regiões do Brasil, e poderiam ter maior apoio governamental para se desenvolverem ainda mais e ajudar diversos animais que precisam de proteção e apoio.

E aí, gostou do nosso post de hoje? Se você deseja saber mais novidades sobre apoio, amor e cuidado com os animais, continue acompanhando o nosso blog. Postaremos muito mais informações para você!

Fonte: conexaoplaneta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Uber Pet: transporte de animais para banho e tosa

Maus tratos contra animais: como funciona a legislação brasileira?