in

Carteiro faz resgate de cachorro que passava frio no meio da rua

Descobrir histórias de ajuda animal sempre é muito interessante, não é mesmo? Isso porque as histórias sempre são muito belas, e nos faz ter mais esperança e fé na humanidade. E é sobre esse assunto que falaremos no artigo de hoje.

Em uma manhã de inverno bastante fria no Estado de Missouri (EUA), o carteiro NateOhlman, quando estava entregando as correspondências do dia, viu um cão desolado no meio da rua, que estava passando bastante frio.

Esse cão estava se recolhendo ao máximo já que a temperatura local estava muito baixa, e nesse período a temperatura de Missouri raramente ultrapassa os 10ºC. Diante disso, podemos imaginar o quando o cãozinho estava sofrendo, não é mesmo?

O que Nate fez quando viu o cachorro no meio da rua?

Após perceber que o cãozinho estava sofrendo bastante no meio da rua, Nate se prontificou a ajudá-lo, levando o animal para um ambiente seguro e quente. Para chamar a atenção do cachorro, Nate começou a fazer barulhos, mas o cão nem olhou para ele.

Depois de um período tentando chamar a atenção do cachorro, Nate percebeu que o animal era surdo e que fazer ruídos não era suficiente para ter a atenção do animal. Por isso, o carteiro decidiu se aproximar e fazer um gesto para o cachorro, de modo que esse fosse ao encontro de Nate.

Assim, Nate chamou o animal, para que juntos eles entrassem no caminhão de correspondência. Quando viu o cachorro mais de perto, o carteiro percebeu que o animal se encontrava em uma situação de frio e de fome extrema.

Percebendo a situação do animal – que logo foi batizado com o nome de Sloan –, o carteiro deu comida para o cachorro e o levou para um hospital veterinário. Isso porque ele queria saber se o animal estava doente e precisava de algum medicamento para se restabelecer fisicamente.

O cachorro foi diagnosticado com quais problemas de saúde?

Nate deixou o animal da clínica veterinária para que o cachorro fosse submetido a alguns exames e tratamentos. O carteiro relata que, quando deixou o animal na clínica médica, ele não conseguia parar de pensar no cachorro e no que ele poderia estar passando de dificuldade.

Além disso, Nate não conseguia entender como alguém era capaz de fazer tão mal a um cachorro idoso, que não possuía culpa de nada e não tinha como se proteger do frio e da fome. O carteiro afirmou que estava com o coração partido por imaginar que existem pessoas tão covardes.

Ao final do dia, o hospital veterinário informou a Nate que o cachorro seria encaminhado para um abrigo de cães – ou melhor, uma ONG – e que não foi encontrada nenhuma doença no animal, mas que o cachorro se encontrava muito magro e precisava de uma boa dieta para conseguir recuperar o seu peso normal.

Quando o animal chegou no abrigo, todos os profissionais ficaram bastante preocupados com a situação de Nate já que o animal se encontrava bastante abaixo do peso e possuía feridas pelo corpo inteiro. Além disso, o cachorro mal conseguia andar sozinho ou ficar em pé por conta da sua situação física.

Inclusive, de acordo com a diretora da ONG, o animal tinha a menor pontuação corporal possível dada pelos veterinários. Devido à sua condição, o cachorro foi tratado com injeções e medicamentos e começou a se alimentar com mais regularidade a fim de repor o peso.

Com o tempo, o peso do animal voltou ao normal e as feridas ao redor do seu corpo foram tratadas e ocorreu também a recuperação dos seus músculos e pelos. Logo após a sua recuperação, o animal foi adotado provisoriamente por uma família que ajudou o bastante a se recuperar ainda mais.

Após esse período, a ONG convidou Nate para adotar o animal e o carteiro não pensou duas vezes para aceitar e agradecer o convite. Nate conta que ficou extremamente feliz com o convite e que o animal será muito amado e acolhido dentro de sua casa.

Nate ainda conta que Sloan foi colocado em uma situação desumana, mas que agora ele terá um dono o mais humano possível. Incrível, não é mesmo? Isso demonstra o carinho entre os homens e os animais e a importância da ajuda animal.

E aí, gostou da nossa história emocionante de hoje? Para saber mais notícias sobre o mundo animal, continue acompanhando o nosso blog. Toda semana compartilhamos diversas informações sobre esse assunto!

Com informações : thedodo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eletricista constrói 300 casinhas para cachorros abandonados

Amor animal: Cachorro adota gatinha de rua que estava passando fome