in

Ajudar cães em fase terminal: enfermeira dedica a sua aposentadoria em função desse trabalho

Em torno de 10 a 15 anos, após muita diversão e momentos amorosos, os cães começam a perder a sua vitalidade e entram na terceira idade. Nesse momento é importante que eles vivam um período de tranquilidade e cuidados por parte do dono.

Muitas pessoas acabam largando os seus pets no meio da rua ou não proporcionam o cuidado necessário para ajudá-los a passar por esse período. Mas, em meio a muitos casos de maldade, há pessoas que dedicam a sua vida a ajudar cães em fase terminal. Incrível, não é mesmo?

Atualmente, houve o caso de uma enfermeira que passou a sua vida auxiliando pessoas doentes, e na sua fase de aposentadoria decidiu por ajudar cães em fase terminal!

Assista histórias no YouTube

Mas, como ela consegue fazer isso?

Bem, a enfermeira britânica, que se chama Nicola, fundou uma ONG para receber e ajudar cães em fase terminal, ou melhor, cachorros que foram abandonados, que se encontram idosos ou que tenham alguma doença.

Essa ONG funciona como uma entidade de apoio aos animais, então a enfermeira cuida dos cães até que eles sejam adotados por alguém ou venham a falecer.

No processo de cuidado com os animais, os cães mais idosos recebem toda a atenção necessária para permanecerem vivos e com saúde. Os que se encontram com doenças terminais recebem os cuidados médicos precisos, incluindo o uso de medicamentos e realização de tratamentos. E os abandonados recebem muito carinho e amor até serem encontrados por alguém que os queiram adotá-los.

Como é arrecadado o dinheiro para ajudar cães em fase terminal?

A enfermeira – chamada de Nicola – conta que inicialmente, quando a ONG era pequena, todo o dinheiro inserido na instituição era proveniente do seu bolso. Mas, com o tempo, por conta do aumento da quantidade de cães ajudados, percebeu-se a necessidade de receber dinheiros externos, doados por pessoas que se sensibilizam com a situação.

Todo o dinheiro arrecadado é transformado em comida, medicamentos, estrutura e passeios para os cães se divertirem – como dar um pulo na praia para ver o mar, por exemplo.

Além disso, há um velório, ou melhor uma cerimônia de homenagem, quando qualquer cão parte dessa para uma melhor. Esses momentos são sempre muito comoventes para todos, afinal é normal desenvolver uma relação de afeto com os animais.

A boa notícia é que a enfermeira afirma que esse trabalho de ajudar cães em fase terminal está só começando e que no futuro essa instituição só tem a crescer! Maravilhoso, não é mesmo?

Isso porque a enfermeira se considera uma amante dos animais, e quer ajudá-los a sentirem-se amados, cuidados e protegidos.

Essa enfermeira é considerada um anjo por muitos já que ela faz o trabalho que deveria ser realizado pelos donos dos pets, que não o ajudaram quando precisaram.

Além desse caso, existem diversos outros no mundo que visam ajudar cães em fases terminais, o que nos faz ter esperança em relação à bondade no mundo e o apoio aos animais!

Imagens: The Grey Muzzle Canine Hospice Project

Fonte: inspiremore

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ajuda aos animais doentes: criança auxilia cervo cego a encontrar comida todos os dias

Abandono de animais: cachorrinha deixada em abrigo por ser muito carinhosa foi adotada por uma família amorosa