in

Adoção de cão de rua: As pessoas que adotarem terão até 50% de desconto no IPTU

Você já imaginou a possibilidade de adotar um cão de rua e ainda por cima ter até 50% de desconto no IPTU por realizar essa ação de bondade?

Essa possibilidade se tornou real para a população de Quinta do Sol, um município do interior do Paraná que possui um pouco menos de 6.000 habitantes. Nessa cidade, o prefeito aprovou o projeto de lei para conceder descontos entre 30% e 50% aos cidadãos que fizerem a adoção de cão de rua.

A concessão de descontos funciona da seguinte forma:

  • 30% de desconto para as pessoas que adotarem cães de rua de pequeno porte;
  • 40% de desconto para as pessoas que adotarem cachorros de médio porte;
  • 50% de desconto para as pessoas que adotarem um cão de grande porte ou dois cães de pequeno porte.

Como funciona a lei de adoção de cão de rua?

A lei 2.005/2019, que foi aprovada pela prefeitura de Quinta do Sol, possui a denominação de Programa de Resgate de Cães de Rua, e concede descontos para as pessoas que adotarem os cães que se encontram abandonados nas ruas da cidade – segundo alguns estudos, existem em torno de 150 a 200 cachorros de rua nesse município.

Por conta dessa grande qualidade de cachorros abandonados, muitas vezes eles acabam sendo maltratados ou até mesmo atropelados no meio da rua – inclusive, de acordo com o prefeito da cidade, ocorrem em torno de 3 a 4 atropelamentos por mês na cidade, por conta da grande quantidade de animais de rua.

Além do abatimento do imposto, o cidadão que fizer a adoção do cão de rua ganhará uma casinha de madeira para o animal, e ainda por cima não precisará pagar nenhum atendimento veterinário que possa ser necessário, como a vacinação e a castração.

O projeto sancionado pela prefeitura de Quinta do Sol também tem o objetivo de fazer um abrigo público temporário para os cães que se encontram nas ruas da cidade e em situação de vulnerabilidade, com o intuito de acolher todos os cachorros.

É válido salientar que após a adoção dos cães de rua, o projeto irá fazer um acompanhamento em relação à situação do animal e a sua adaptação com a nova família. Se ocorrer algum problema com o cachorro em relação a maus-tratos, o pet é novamente recolhido para o abrigo.

Antes de fazer esse belíssimo projeto, a cidade já havia demonstrado a preocupação com os animais em situação de rua, e no ano de 2017 o município aprovou a legislação que aplica multas de até 20 mil reais para as pessoas que fizeram maus-tratos aos animais.

E todos os valores arrecadados a partir da aplicação das penalidades por conta dos maus-tratos são colocados em um fundo de proteção e defesa dos animais do município de Quinta do Sol.

Essa atitude do município foi excelente, não é mesmo? Por meio de um simples ato está sendo possível ajudar vários animais que se encontram uma situação difícil para auxiliá-los a sobreviver e encontrar uma família que proporcione amor, carinho e atenção e mantenha uma relação de afeto com o pet.

Quais são as outras cidades brasileiras que possuem projetos de proteção aos cães de rua?

Não é só a cidade de Quinta do Sol que tomou a atitude de ajudar os animais, afinal o município de Araquari, localizado em Santa Catarina, também oferece abatimento no pagamento do imposto de renda nos casos de ações de cão de rua.

Nessa cidade, existe uma ONG que apoia a prefeitura nesse processo de adoção. Portanto, no município há um alojamento para os cachorros e também uma lista de cadastro das famílias interessadas em fazer a adoção.

Esse órgão cuida de todo o processo de transferência do animal para a nova família, desde o processo de vacina até o acompanhamento da adaptação do cachorro. Afinal, a nova família do animal se compromete a proporcionar alimentação adequada, vacinação e higiene para o cachorrinho.

A cidade de Quinta do Sol, por exemplo, exige a assinatura da família, para que essa se comprometa a não abandonar o animal e a proporcionar tudo o que o pet precisa.

Se essa medida fosse aprovada em todas as cidades brasileiras, sem dúvidas, existiriam bem menos animais na rua, não é mesmo? Então, vamos torcer para que essa ideia se propague por outras regiões do Brasil!

E aí, meu amigo? Gostou do post de hoje? Para saber mais notícias do mundo animal, continue acompanhando o nosso blog!

Assista histórias no YouTube

Fonte: caesonline / bemparana

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amor animal: cachorro falece 15 minutos após o seu dono morrer de câncer

Cão sorridente: Chupey nasceu com defeitos de nascença e faz sucesso na internet!